NOTÍCIAS

Postado em 22 de Abril às 08h38

Investimentos viabilizados pelo BRDE somam R$ 2,7 bilhões em 2018

  • ACIC CHAPECÓ -

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE encerrou 2018 com contratações de financiamentos de R$ 2,36 bilhões, em 4.320 novas operações. Foi um crescimento de 7,4% em relação ao ano anterior. Cerca de 70% dessas contratações destinaram crédito de longo prazo a micro e pequenas empresas, bem como para pequenos produtores rurais.

Combinados com recursos dos próprios empreendedores, os financiamentos do Banco viabilizaram R$ 2,7 bilhões em investimentos na Região Sul no ano passado e permitiram a geração ou manutenção de mais de 49 mil empregos. Outro impacto positivo da atuação do BRDE foi o incremento de R$ 258,7 milhões ao ano de ICMS.



RESULTADO

Em 2018, o Banco registrou um lucro líquido de R$ 178,5 milhões, um aumento de 51,3% sobre os R$ 118 milhões apurados em 2017. O diretor-presidente Neuto Fausto de Conto explica que o resultado reflete um aumento na procura por crédito, revertendo a tendência negativa que se apresentava desde 2015, reflexo da crise econômica. “Os empreendedores retomaram seus planos de investimentos, na expectativa de um cenário mais favorável para a economia após a eleição. Aliado a isso, o BRDE tem mantido sua política de atuar no contraciclo do mercado, oferecendo crédito quando outros agentes desse mercado se retraem”.

SANTA CATARINA

Em Santa Catarina, foram contratadas 2.480 operações de crédito em 2018, somando R$ 797,55 milhões. Entre essas operações destaca-se o elevado número de operações viabilizadas por meio das cooperativas conveniadas, 2.291, ou 92,3% do total de contratos firmados.

As operações via convênios somaram R$ 118,8 milhões, confirmando a vocação da agência do BRDE em SC para a concessão de crédito aos pequenos produtores rurais e empresas de micro e pequeno porte.

O incremento da carteira no segmento de infraestrutura foi destaque no estado, com a concessão de crédito para municípios investirem em programas de mobilidade urbana e saneamento. O programa BRDE Municípios financiou R$ 182 milhões no Estado. Santa Catarina também se destaca na contratação de financiamentos à geração de energias renováveis, por meio do programa BRDE Produção & Consumo Sustentáveis, com financiamentos de R$ 110,84 milhões.

 

Veja também

FIESC reúne empresários em Chapecó para apresentar Fundo Social12/04/18Projeto da FIESC busca promover a cultura do uso dos incentivos fiscais em Santa Catarina A Federação das Indústrias de Santa Catarina, por meio do SESI e em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), promove na próxima terça-feira (17) um café da manhã com empresários de Chapecó e região para apresentar o projeto Fundo Social. O objetivo é buscar parceiros locais para que aportem......
ACIC apresenta resultados da Mercoagro 201610/11/16 Resgatar a confiança dos expositores e do público da Mercoagro 2016 (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne) era o principal objetivo da Associação Comercial e Industrial de......
Momento de conexão e parcerias entre empresas do Mercosul29/11/18 Fortalecimento de parcerias, visibilidade às empresas, conquista de mercado e conexão entre os países do Mercosul. Esse foi o foco da sessão de negócios SEBRAE/SC durante o Connect Women – 1º Encontro de Mulheres......

Voltar para Notícias