NOTÍCIAS

Postado em 29 de Março de 2018 às 15h30

Protesto Expresso agiliza recuperação de crédito

  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -

Com objetivo de apresentar uma ferramenta para agilizar o processo de recuperação de crédito, a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) promoveu, nessa quarta-feira (28), a palestra “Protesto Expresso – o Jeito mais Fácil e Assertivo de Cobrar uma Dívida”. O Protesto Expresso é uma ferramenta oferecida aos associados da ACIC que se destaca pelo baixo custo de inserção de títulos para cobrança via tabelionatos de protesto e por ser um sistema online capaz de se integrar com outros sistemas das empresas.

O diretor comercial da Central de Cartórios de Protesto de Santa Catarina, Sérgio Acy Kollet, explanou sobre como funciona a solução empresarial e o convênio com a ACIC, os tipos de documentos que podem ser protestados, as consequências para quem é protestado, prazos e prescrições de documentos, custos e emolumentos cartoriais, anuência eletrônica, entre outros. “Existem 53 tipos de documentos que podem ser protestados, entre eles duplicatas mercantis de serviço, cheques, notas promissórias e contratos”, explicou.

Entre as vantagens de usar o Protesto Expresso estão a facilidade para protestar, pois o sistema é totalmente online, agilidade no processo de cobrança, baixíssimo custo, recuperação de crédito, comunicação integrada com outros sistemas via web service em todo o território catarinense e a comunicação com outros Estados para atender empresas que possuem negócios fora de Santa Catarina. “A maior vantagem é a economia. Não é necessário pagar custos e emolumentos que são bancados pelos cartórios até o devedor fazer o pagamento. Temos aproximadamente 13 mil empresas usuárias da ferramenta, mas todas as 350 mil organizações do Estado podem utilizar”, realçou Kollet.

PROTESTO EXPRESSO

O protesto é um ato formal pelo qual se comprova a inadimplência e o descumprimento de uma obrigação originada em títulos e outros documentos de dívida feita em cartório. Após o pedido, o cartório faz uma intimação ao devedor, que tem três dias úteis para quitar a dívida. Se o pagamento não for efetuado dentro desse prazo o título será protestado e aparecerá no Serasa, Boa Vista e SPC Brasil durante cinco anos. No cartório, o devedor ficará negativado até a dívida ser paga.

A ACIC passou a oferecer o Protesto Expresso em dezembro de 2016, em parceria com a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) e com o Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil – Seção de Santa Catarina (IEPTB/SC). A executiva de contas da ACIC, Gracieli Maggioni, destaca que a entidade busca constantemente disponibilizar novos serviços aos associados para facilitar o dia a dia das empresas.

Mais informações pelo telefone (49) 3321-2800 e pelo e-mail comercial@acichapeco.com.br.

Veja também

Sintomas de uma inevitável crise16/07/14 A complexa questão da energia elétrica no grande oeste catarinense vem sendo estudada nos últimos anos por um especialista do setor, o diretor de desenvolvimento industrial e comercial da ACIC, engenheiro eletricista Nelson Eiji Akimoto, presidente da NORD Electric S.A. Nesta entrevista, o empresário faz uma ampla análise e indica as soluções necessárias e......
Como inovar no varejo e se manter competitivo no mercado27/02Tema foi abordado em palestra promovida nessa semana pela ACIC, CDL Chapecó e Senac Inovar é fundamental no cenário global, com consumidores que mudam o tempo todo e estão cada vez mais integrados e conectados. O varejista que deseja continuar competitivo no mercado precisa investir em novas ideias. O tema foi abordado......

Voltar para Notícias