NOTÍCIAS

Postado em 12 de Setembro de 2019 às 16h54

“A decisão é uma porta que só abre por dentro”, diz Paulo de Souza

Associados (15)Representatividade e Ações (63)Eventos (103)
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -
  • ACIC CHAPECÓ -

Fundador do Grupo Eko'7 explanou sua trajetória no Programa Almoço Empresarial da ACIC Chapecó

Vindo do interior do Rio Grande do Sul, de uma família pobre e repleto de sonhos, o presidente do Grupo Eko’7, Paulo de Souza, contrariou a lógica e desafiou o que para muitos parecia impossível: foi para a cidade, trabalhou, se dedicou, estudou e hoje mantém uma empresa que cresce mais de 40% ao ano. O empreendedor contou sua trajetória no Programa Almoço Empresarial da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), nesta quinta-feira (12). A iniciativa teve apoio institucional do Banco de Desenvolvimento Regional do Extremo Sul (BRDE), Certa Seguros, Fênix, Inviolável, Sicoob MaxiCrédito, Sicredi e Unimed.

Souza falou da infância difícil, quando até alimentação da família era escassa. Aos 18 anos, em 1981, resolveu procurar emprego na cidade. Começou a trabalhar em uma indústria de calçados em Teutônia, onde logo passou do almoxarifado para a gerência de produção. Nessa época, também fabricava, em casa, sapatilhas para aumentar sua renda.

Trabalhou na empresa até 1994, quando decidiu que queria vender colchões. Com o apoio do pai, iniciou o novo desafio, que no início não foi fácil. Souza ia de carona com o caminhão de leite até a cidade para vender os colchões e voltava a pé. Foram 14 anos de venda porta a porta, trabalhando duro, aperfeiçoando-se, até que em 2008 resolveu montar sua própria indústria.

A Eko’7 iniciou com dois funcionários e sete distribuidores. Atualmente, possui 190 colaboradores, 1.500 distribuições e fatura em uma hora o que faturava em um mês. De 2008 até 2019, a empresa teve crescimento de 42,93% ao ano. “O que eu queria fazer não daria certo com dinheiro, mas com trabalho e caráter. O que você conquista com o caráter e trabalho tem valor, o que o dinheiro compra não tem”, frisou Souza.

Para o empresário, além da dedicação e da vontade de crescer e fazer diferente, uma empresa não pode errar na gestão estratégica. Além de investir em tecnologia, equipamentos e estrutura, a Eko’7 investe nas pessoas, como por exemplo com a realização de convenções. “Investimos 8% do faturamento bruto em eventos porque vendas só acontecem se as pessoas estiverem motivadas”.

Localizado nas margens da BR-282, em Sede Figueira, em Chapecó, o complexo fabril da empresa ocupa uma área de 400 mil metros quadrados e é equipado com a mais alta tecnologia, que aumenta a qualidade final dos produtos. A marca está presente em 35 países e 98% de tudo o que é comercializado é fabricado na empresa. “Não tem nenhum fator limitador para mim hoje”, comentou Souza.

O Grupo Eko’7 Brasil possui, atualmente, sete marcas: Eko’7, Eko7 Química, Primer7 Hotelaria, Eko7 Têxtil, Eko7 Saúde, D’7 Agendamento Médico e Madressenza. Souza salientou a necessidade de acompanhar as tendências e inovar. “As coisas mudaram e mudarão mais. O mercado não espera”, enfatizou.

“Sempre digo que estamos só começando. Precisamos ter desafios em nossa vida, estudar, aprender coisas novas. É da natureza humana se acomodar e é a pior coisa que existe. A diferença na vida de cada um está na decisão que você vai tomar ou não na sua vida. E a decisão é uma porta que só abre por dentro, ninguém consegue fazer por você, nós somos totalmente responsáveis por aquilo que somos, por aquilo que nos tornamos e construímos. Não adianta terceirizar responsabilidades, quando entendemos isso paramos de culpar os outros”, finalizou Souza.

ALMOÇO EMPRESARIAL

O presidente da ACIC, Cidnei Barozzi, destacou que o Almoço Empresarial é uma maneira de compartilhar experiências e contribuir para o desenvolvimento dos negócios. “Cada apresentação das empresas é singular. O sucesso é resultado de muita dedicação e trabalho, mostrando que temos grandes empreendedores em Chapecó e que podem inspirar a todos”.

Neste ano, o evento iniciou com explanação do diretor da Eletro Service, Adilson Campos, do CEO da Renovigi Energia Solar, Alcione Belache, da diretora da JA Tecnologia em Equipamentos Industriais, Ivanete Matte, e encerrou nesta quinta-feira com o Grupo Eko’7.


 

Veja também

ACIC recebe homenagem da Polícia Militar pela contribuição à segurança pública07/07/17 O presidente da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), Josias Mascarello, participou, na última semana, de solenidade no 2º Batalhão de Polícia Militar/Fronteira (2º BPM/Fron). Houve leitura e entrega de elogio ao policial militar destaque do mês de maio de 2017, entrega de viaturas e smartphones, homenagem a empresas e pessoas apoiadoras da......
Como a Mercoagro impacta no meu negócio05/06/19 Por Nadir José Cervelin Classificada como a maior feira do setor na América Latina, a Mercoagro (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne) reúne em Chapecó, a cada dois anos, todo o trade da indústria mundial da carne.......
ACIC no Legislativo Proposta de mudança no Plano Municipal de Educação gera discussão na Câmara28/06/19Oposição e base do governo divergem sobre alteração que reduz a meta de atendimento na educação infantil de 80 para 50% das crianças do município Colocado em pauta para primeira votação na sessão dessa quinta-feira (27), o projeto 29, de origem do Executivo, provocou debate acalorado entre os vereadores. A proposta, que foi aprovada, altera o Plano Municipal de......

Voltar para Notícias