Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 27 de Julho de 2017 às 15h19

    Núcleo de Eventos da ACIC integra e desenvolve setor em Chapecó

    Núcleos (52)

    Desenvolver e explorar o potencial do setor de eventos em busca de excelência, promovendo sua evolução. Essa é a missão do mais recente grupo empresarial da ACIC: o Núcleo de Eventos. Com a visão de se tornar referência na região Sul do Brasil pela inovação, eficácia das ações e representatividade como grupo, os integrantes atuam para promover troca de informações e experiências, capacitar mão de obra e também os gestores das empresas, bem como fortalecer o segmento.

    Nas primeiras reuniões após a estruturação do grupo, iniciaram apresentações de cases de sucesso e insucesso das empresas e apresentações institucionais com a intenção de promover conhecimento. Em junho e julho, foram apresentados cases de sucesso da Flor de Lis e da Photomatic, empresas novas no mercado que inovaram e conquistaram seu espaço. As apresentações institucionais foram do Casarão das Noivas e da Innamorato Gelato e Café. O Núcleo também fez uma conversa com a assessora jurídica da ACIC para ter esclarecimentos sobre a lei da terceirização.

    De acordo com o coordenador do Núcleo de Eventos, Nilvanio Faller, a criação de um grupo para representar o setor era um desejo de anos entre as empresas de eventos. “A grande dificuldade sempre foi ter uma convergência em comum, já que as empresas atentem os mais diferentes eventos. Após algumas reuniões informais e a avaliação do que era necessário para criar um grupo que representasse o setor na região, identificou-se a oportunidade de criar o Núcleo de Eventos junto à ACIC.

    O grupo é multissetorial, abrangendo a grande carteira de serviços e produtos oferecidos pela área de eventos em Chapecó. O setor atende desde festas infantis, casamentos, eventos corporativos, públicos e privados, entre outros. O crescimento do segmento, segundo Faller, foi substancial nos últimos anos especialmente devido às exigências dos clientes que, cada vez mais, primam pela profissionalização e evolução das empresas e de seus colaboradores.

    Para o coordenador, o grande desafio do setor é estreitar o relacionamento entre as empresas. O mercado tem muito a evoluir, mas a integração das empresas vai determinar o nível que o setor atingirá, comparado com outros grandes centros de eventos. “Outra questão importantíssima é em relação à profissionalização dos empresários e dos colaboradores, já que o mercado está cada vez mais exigente e necessitado de empresas inovadoras e que tenham excelência nos seus serviços e produtos”, finalizou Faller.

    Veja também

    Núcleo da Saúde e Bem Estar - Olhe pelas suas costas28/04/17 Muitas pessoas e muitos pacientes queixam-se todos os dias de dor nas costas. Alguns começam contando aquela velha história de que ao abaixar-se não se ergueram mais ou ainda que ao acordar simplesmente estava com o pescoço duro. A verdade é que a maior parte das dores nas costas que sentimos é uma resposta há anos de má postura. Tanto em casa, quanto no......

    Voltar para Notícias