NOTÍCIAS

Postado em 27 de Julho de 2017 às 15h19

Núcleo de Eventos da ACIC integra e desenvolve setor em Chapecó

Núcleos (18)

Desenvolver e explorar o potencial do setor de eventos em busca de excelência, promovendo sua evolução. Essa é a missão do mais recente grupo empresarial da ACIC: o Núcleo de Eventos. Com a visão de se tornar referência na região Sul do Brasil pela inovação, eficácia das ações e representatividade como grupo, os integrantes atuam para promover troca de informações e experiências, capacitar mão de obra e também os gestores das empresas, bem como fortalecer o segmento.

Nas primeiras reuniões após a estruturação do grupo, iniciaram apresentações de cases de sucesso e insucesso das empresas e apresentações institucionais com a intenção de promover conhecimento. Em junho e julho, foram apresentados cases de sucesso da Flor de Lis e da Photomatic, empresas novas no mercado que inovaram e conquistaram seu espaço. As apresentações institucionais foram do Casarão das Noivas e da Innamorato Gelato e Café. O Núcleo também fez uma conversa com a assessora jurídica da ACIC para ter esclarecimentos sobre a lei da terceirização.

De acordo com o coordenador do Núcleo de Eventos, Nilvanio Faller, a criação de um grupo para representar o setor era um desejo de anos entre as empresas de eventos. “A grande dificuldade sempre foi ter uma convergência em comum, já que as empresas atentem os mais diferentes eventos. Após algumas reuniões informais e a avaliação do que era necessário para criar um grupo que representasse o setor na região, identificou-se a oportunidade de criar o Núcleo de Eventos junto à ACIC.

O grupo é multissetorial, abrangendo a grande carteira de serviços e produtos oferecidos pela área de eventos em Chapecó. O setor atende desde festas infantis, casamentos, eventos corporativos, públicos e privados, entre outros. O crescimento do segmento, segundo Faller, foi substancial nos últimos anos especialmente devido às exigências dos clientes que, cada vez mais, primam pela profissionalização e evolução das empresas e de seus colaboradores.

Para o coordenador, o grande desafio do setor é estreitar o relacionamento entre as empresas. O mercado tem muito a evoluir, mas a integração das empresas vai determinar o nível que o setor atingirá, comparado com outros grandes centros de eventos. “Outra questão importantíssima é em relação à profissionalização dos empresários e dos colaboradores, já que o mercado está cada vez mais exigente e necessitado de empresas inovadoras e que tenham excelência nos seus serviços e produtos”, finalizou Faller.

Veja também

ACIC acredita na breve retomada dos estudos da Ferrovia da Integração13/09/13 A Associação Comercial e Industrial de Chapecó – ACIC recebeu informações de que a suspensão por questões técnicas do edital da Ferrovia da Integração não mudará o traçado divulgado. Dos seis pontos questionados pelo Tribunal de Contas da União (TCU), quatro já foram refutados. Os outros dois pontos que se......
Promoção Internacional do agronegócio será discutida na ACIC09/12/14 O Núcleo de Comércio Exterior e Logística Internacional da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), com......
Chapecó: mercado de trabalho seletivo e competitivo26/11/14 O dinamismo econômico de Chapecó gerou um crescente e competitivo mercado de trabalho, cujas características e singularidades são analisadas pelo diretor financeiro adjunto da ACIC Marcelo Marafon Porciúncula. Natural de......

Voltar para Notícias