Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 11 de Setembro de 2014 às 09h08

    MERCOAGRO - 2014 Máquina utiliza tecnologia raio-X para verificar objetos estranhos nas carnes

    Uma máquina que utiliza a tecnologia de raio-X para controlar gordura e peso da carne afim de padronizar recortes, cortes, matérias-primas para industrializados e detectar materiais estranhos como metais e ossos. Esta é uma das inovações apresentadas durante a MercoAgro 2014 – 10ª Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne e do Leite, que prossegue até sexta-feira (12), no Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves, em Chapecó.

    O MeatMaster II é produzida pela empresa da Dinamarca FOSS, que tem matriz no Brasil em São Paulo. A máquina fornece medições contínuas em tempo real de toda a carne que passa pelo equipamento em sua esteira de transporte, que pode medir de 1,5 a 2,5 metros de comprimento.

    Tem capacidade de escanear até 38 toneladas por hora, sendo qualquer tipo de carne, resfriada ou congelada, embalada ou solta na esteira. Sua utilização inclui controle do teor de gordura em recortes para evitar perda da carne magra; padronização de lotes para produção de qualquer tipo de carne ou produtos de carne processada – para garantir o uso de matéria-prima ideal e lotes produzidos respeitando as especificações; classificação de cortes para otimização do uso de matérias-primas, melhorando o processamento e obtenção de uniformidade e consistência do produto final e avaliação de fornecedores – o equipamento permite o controle das diferentes matérias-primas. Além disso, o aspecto de detecção de objetos estranhos permite detectar e rejeitar pedaços de ossos antes que eles se quebrem em muitos pedaços pequenos e detectar e rejeitar metal que pode danificar ou mesmo destruir o moedor.

    De acordo com o gerente de tecnologia industrial da Foss do Brasil, Cristiano Moresco, o equipamento já existe há 10 anos no mercado Europeu, mas em uma versão maior e no Brasil chegou no final de 2013. “O MeatMaster II tem a mesma precisão, é mais compacto e é fácil de integrar na linha de produção. Ele é projetado para uma rápida limpeza e manutenção de rotina”, explicou.

    O equipamento pode ser utilizado em linha de desossa, industrializados e locais de processamento de industrializados como linguiças, salames e hambúrgueres.

    ADULTERAÇÃO DO LEITE

    Na MercoAgro 2014, a empresa também expõe a MilkoScan, um equipamento para padronização do leite com sua própria triagem de adulterantes. O analisador é dedicado para produções de leite líquido e permite o controle e a padronização de produtos lácteos líquidos e viscosos, ao mesmo tempo em que faz a triagem de adulteração do leite.

    Moresco argumentou que o equipamento faz a análise físico/química de 14 parâmetros diferentes (gordura, proteína, lactose, sólidos totais, sólidos não gordurosos, ponto de congelamento, acidez total, densidade, ácidos graxos livres, ácido cítrico, uréia e caseína).

    ANÁLISE DE CARNES

    Outro equipamento apresentado na feira é o FoodScan, um analisador para produtos cárneos, que analisa gordura, proteína, colágeno, umidade e sal.

    FEIRA

    Moresco espera concretizar vários negócios durante a MercoAgro. “Sempre temos resultados positivos durante a feira, esperamos que isso se repita neste ano”, comentou.

    A realização da MercoAgro Carne & Leite pela BTS Informa conta com a promoção da ACIC – Associação Comercial e Industrial de Chapecó, o patrocínio do BRDE - Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, o apoio da Prefeitura Municipal de Chapecó, da ABIAF – Associação Brasileira da Indústria de Armazenagem Frigorificada, da ABIMAQ – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, da ABPA – Associação Brasileira de Proteína Animal, da ABRAVA – Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicional, Ventilação e Aquecimento e do SENAI Chapecó. 

    Veja também

    Usuários fazem mais de 5 mil acessos por mês à internet gratuita no HRO09/07/19 Mais de 5 mil cadastros e quase 45 mil acessos à internet foram realizados no Hospital Regional do Oeste (HRO) desde outubro do ano passado. São realizados entre 5 e 6 mil acessos por mês. A internet wi-fi gratuita é disponibilizada pela ACIC, que firmou parceria com a Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (AHLVF), entidade filantrópica que administra o HRO, o......
    Motoristas mais seguros contribuem para a fluidez do trânsito18/09/17 Projeto Estacionando na Praça, promovido pelo Núcleo dos Centros de Formação de Condutores da ACIC, tem por objetivo conscientizar sobre a importância da condução segura Elisete de Almeida dirige há......

    Voltar para Notícias