Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 14 de Setembro de 2015 às 16h37

    ACIC apresenta Mercoflora 2016 a prefeitos da região da SDR

    O presidente da Mercoflora 2016 João Carlos Scopel, acompanhado pelo empresário Antonio Rebelatto e pela coordenadora de eventos da Associação Comercial e Industrial de Chapecó, Crisley Schwabe Klickow, apresentou o projeto da feira aos prefeitos, presidentes de Câmaras de Vereadores, representantes dos órgãos do Estado e gerentes da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Chapecó, na última semana.
    A Mercoflora será lançada pela ACIC e pelo Conselho das Entidades Empresariais na próxima segunda-feira, 21, às 19h30 na cantina do Cesec.
    A nova expo-feira técnica e empresarial está programada para os dias 14, 15 e 16 de julho de 2016, no parque da Efapi, em Chapecó. A Mercoflora reunirá todos os elementos do mundo vegetal e atuará em quatro áreas básicas: silvicultura, fruticultura, floricultura e olericultura. “A Mercoflora é um esforço da ACIC e das entidades empresariais em promover a diversificação da matriz econômica e estimula o desenvolvimento em um momento difícil na economia do nosso país”, disse.
    As atividades de concepção da feira, planificação e estruturação iniciaram em fins de abril e estarão concluídas até a data do lançamento, envolvendo um grupo de 50 profissionais e lideranças setoriais de Chapecó pertencentes às entidades empresariais e às instituições universitárias UnoChapecó, Unoesc, Udesc e UFFS.
    Para o secretario de desenvolvimento regional de Chapecó, Américo Nascimento Junior, a iniciativa das entidades em promover a Mercoflora se consolidará como uma possibilidade real para o pequeno agricultor produzir, gerar renda e permanecer no campo. “A região deverá comprar essa feira como dela, e mais uma vez estimular o desenvolvimento, não apenas de Chapecó, mas também dos municípios vizinhos”, observa.
    Várias instituições já manifestaram apoio, especialmente Facisc, Prefeitura Municipal de Chapecó, SEBRAE, Epagri e Secretaria de Agricultura.
     

    Veja também

    MANIFESTO DAS ENTIDADES08/03/16 A sociedade brasileira vive dias de angústia e aflição. A corrupção em escala, amplitude e proporções nunca imagináveis gerou uma crise política que agravou a – já instalada – crise econômica. A atual crise vivida pelo Brasil foi gestada e nutrida nos últimos anos por um governo que acreditava ter poderes para mudar,......

    Voltar para Notícias