Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 22 de Agosto de 2014 às 08h52

    Bumerangue do Brasil no Almoço Empresarial da Acic Foco na liderança e no conhecimento técnico

    O diretor comercial da Bumerangue Brasil Industrial, Gonçalo Gomes Soares Coelho, iniciou sua fala durante o Programa Almoço Empresarial da ACIC que ocorreu nessa quinta-feira, 21, manifestando o orgulho de fazer parte de uma empresa chapecoense e poder contribuir com o desenvolvimento deste município. Além de Gonçalo (diretor comercial) são sócios na Bumerangue os empresários Edney Trimer (projetos e consultorias); Renato Bonet (indústria e administrativo); e Urbano Bracht (assessoria técnica).

    Há mais de 15 anos no mercado, a Bumerangue trabalha com diversos segmentos industriais, entre eles indústria alimentícia, têxtil, farmacêutica, frigorífica, metalúrgica, cerâmica, fábrica de papel, engarrafados, enlatadoras, destilarias, panificadoras, supermercados, entre outras. Para o desenvolvimento de seus produtos, direciona os projetos em três tópicos principais: tecnologia de transporte, projetos de layout para abatedouros e consultoria para melhoria da produtividade e competitividade.

    Em tecnologia de transporte são produzidos elementos de transporte, que visam proporcionar melhor fluxo e rendimento aos processos produtivos. A atuação em projetos de layout para abatedouros desenvolve todas as etapas referentes ao layout e ao fluxo de produção. Nesta metodologia, são visadas melhorias em rendimentos, fluxo de produção, além da redução de mão de obra. Na consultoria, atua a partir das seguintes premissas: mix de produção, rendimentos, mão de obra, legislação, normas de segurança e de inocuidade dos alimentos.

    Gonçalo lembrou que em 2009, em parceria com a Microban, a Bumerangue lançou uma linha de produtos com Proteção Antimicrobiana Microban® na fabricação de esteiras modulares para transporte de alimentos. “Temos uma preocupação muito grande com as questões de segurança alimentar. A proteção antimicrobiana diminui os riscos de contaminações e a formação de biofilmes em superfícies que entram em contato direto com alimentos”, explicou.

    Quanto à gestão dos negócios, Gonçalo disse que a empresa está focada na liderança e no conhecimento técnico e acrescentou que o planejamento estratégico passou a ser reavaliado duas vezes ao ano, em junho e dezembro. “A dinâmica do mercado exige mais agilidade e constante avaliação dos processos e resultados”, disse.

    No que diz respeito à liderança disse que a empresa mantém metas definidas, feedback semanal sobre o faturamento, orientação sobre projetos e clientes e visitas constantes aos representantes, bem como reuniões semestrais com eles na fábrica. Quanto a parte técnica, são desenvolvidas visitas constantes a clientes nas fábricas e às áreas de engenharia dos clientes; presença constante dos representantes nas fábricas dos clientes; visitas a feiras do setor de plásticos e equipamentos; visitas a feiras em outros países; treinamentos e cursos.

    A Bumerangue participa frequentemente de diversas feiras nacionais e internacionais. “É um espaço importante para desenvolver relacionamentos e gerar negócio, além de ser um excelente espaço para conhecer o que vem sendo desenvolvido para o setor. Precisamos estar atentos a esse mercado e a Mercoagro é uma de nossas grandes apostas”, disse ao valorizar o fato de a feira ter nascido em Chapecó e ter a representatividade que tem.

    Gonçalo também criticou as questões infraestruturais de logística que afetam o grande oeste catarinense para escoamento da produção. Citou como exemplo, o crescimento do número de clientes (frigoríficos) no Centro Oeste brasileiro e as dificuldades na entrega dos produtos. “Tivemos que aumentar a produção para ter o produto disponível e compensar o tempo de entrega, já que pode levar cerca de 20 dias até que a mercadoria chegue ao destino, por conta da situação precária da logística do País”, reclamou.

    BRDE

    O Programa Almoço Empresarial da ACIC conta com apoio do BRDE. O banco vem se consolidando como uma das principais fontes de financiamento da região Sul do Brasil com atuação em quase todos os setores econômicos, financiando empreendimentos de todos os portes.

    Veja também

    Movimentação de passageiros cresce 8,4% no aeroporto de Chapecó em 201408/01/15 Mais de 420 mil pessoas passaram pelo terminal, que se aproxima da saturação e preocupa a prefeitura O aeroporto de Chapecó recebeu 420,4 mil passageiros no ano passado, mais que o dobro da população da cidade, que tem cerca de 200 mil habitantes. O crescimento em relação a 2013 foi de 8,4%. O movimento começa a se aproximar da saturação e a......
    Articulação de entidades empresariais define as prioridades regionais14/02/18 Definir as principais reivindicações de real interesse regional e articular, na sustentação dessas reivindicações, as entidades empresariais oestinas. Esse foi o foco do encontro que reuniu, nesta semana, na sede da......
    Nesta segunda-feira ACIC LANÇA NOVO EVENTO EMPRESARIAL22/06/18 Apresentar tendências contemporâneas, como empreender num mundo de mudanças disruptivas, disponibilizar conteúdos empresariais de alto nível através da apresentação de cases vivenciais de liderança,......

    Voltar para Notícias