Aba 1

    NOTÍCIAS

    Postado em 15 de Setembro de 2016 às 14h57

    BRDE na Mercoagro assina contratos de R$ 72 mi com cooperativas

    Eventos (109)

    Contratos de longo prazo no valor de R$ 72,3 milhões foram assinados nesta semana durante a MERCOAGRO 2016 (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne), que encerra nesta sexta-feira em Chapecó, pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e cinco organizações cooperativistas. Foram quatro contratos com cooperativas de produção agroindustrial e um com a cooperativa médica Unimed Chapecó.
    Em evento realizado no estande da ACIC, o banco reuniu executivos de cooperativas da região, representantes de entidades e empresários para celebrar também a parceria entre a instituição de fomento e as cooperativas.
    O BRDE assinou contrato com a Unimed Chapecó para o financiamento da segunda etapa da construção do Hospital. Firmado pelo presidente da cooperativa médica José Pegoraro Foresti, o contrato vai permitir a concessão de mais R$ 20 milhões para a obra hospitalar e para a aquisição de móveis e equipamentos. O Novo Hospital Unimed Chapecó está em fase de construção e depois de completamente concluído, terá 8 mil m² além de 2,6 mil m² de estacionamento nos dois primeiros andares de subsolo. “Esta construção é uma resposta da cooperativa médica às necessidades de saúde do Grande Oeste catarinense”, destaca o presidente Foresti.
    Entre os contratos assinados na Mercoagro está o de R$ 10,785 milhões firmado pelo representante da Cooperitaipu, Serafim Thiesen. A Cooperitaipu utilizará os recursos para a aquisição de insumos agropecuários e posterior repasse aos cooperados. O financiamento se dá por meio da integralização de cotas-partes por meio de seus associados.
    Com a Copérdia o BRDE assinou dois contratos: o primeiro, de R$ 20 milhões, se dá por meio da integralização de cotas-partes por seus associados. O segundo contrato firmado pelo presidente da Copérdia Valdemar Bordignon e o BRDE no montante de R$ 1,5 milhão, permitirá a ampliação e modernização da unidade da Copérdia em Água Doce. O projeto amplia a capacidade de armazenagem de 2 mil sacas para 35 mil sacas e também vai incrementar a capacidade de recebimento de grãos, que passa de 3 mil sacas para 10 mil sacas por dia.
    A Cooperativa A1 também firmou contrato de R$ 20 milhões para a compra de insumos agropecuários aos associados. O financiamento se dá por meio da integralização de cotas-partes pelos seus cooperados.
    HOMENAGENS
    O presidente da ACIC, Josias Mascarello, destacou a importância das cooperativas para a economia do Oeste. Também salientou a relevância de ter o apoio do BRDE para a realização de eventos como a Mercoagro, que movimentam um setor altamente vinculado às cooperativas, como a agroindústria.
    Após a assinatura de contratos, o BRDE prestou homenagens a Sicoob Credial, Cresol Central Sicoper, Cooperativa Agroindustrial Alfa, Fecoagro, Cooperativa Central Aurora Alimentos (maior cliente do BRDE em SC) e Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (OCESC).

    Veja também

    Feirão do Imposto reforça necessidade de reforma tributária29/10/19Ação promovida no fim de semana, em Chapecó, pelo Núcleo de Jovens Empresários da ACIC, mostrou incidência de impostos em produtos de uso popular Você já parou para pensar no quanto paga de imposto em cada produto e serviço que consome? Sabia que, atualmente, o brasileiro trabalha cerca de 150 dias ao ano somente para pagar seus tributos? Para contribuir na reflexão sobre o tema, o Núcleo de Jovens Empresários (NJE) da Associação Empresarial e Comercial de Chapecó (ACIC) promoveu, no fim de semana,......
    Inovação e praticidade ao alcance dos associados e comunidade25/10/17 A diretoria executiva da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) apresentou aos associados, apoiadores e entidades parceiras nessa semana, as reformas e melhorias implementadas na sede e o aplicativo ACIC + Vantagens. A......
    MERCOAGRO 2016 Mercoshow oportuniza produtos e serviços inovadores14/09/16 Desenvolvimento do comércio internacional, novas tecnologias de conservação de produtos, como minimizar os impactos ambientais, proteção das mãos e energias renováveis foram temas abordados nas palestras da......

    Voltar para Notícias