NOTÍCIAS

Postado em 17 de Julho às 08h32

ACIC fortalece ações com parcerias fortes e consolidadas

Representatividade e Ações (34)
Josias Mascarello
Diretor de Relações Institucionais da ACIC


Em uma sociedade cada vez mais conectada, a formação de redes e parcerias é fundamental para a resolução de problemas e para o crescimento de uma cidade, região ou País. A ACIC acredita na força das conexões para impulsionar o desenvolvimento e mantém diversas parcerias, incentiva o diálogo e estimula o networking tanto da entidade como das empresas associadas. Nesta entrevista, o diretor de Relações Insititucionais, Josias Antônio Mascarello, explana sobre as vantagens e conquistas da instituição.

Qual é a sua prioridade como diretor de relações institucionais da ACIC?
Atuar para que haja um relacionamento respeitoso, cooperativo e produtivo entre a ACIC e as instituições públicas e privadas, propugnando sempre pelos legítimos interesses da coletividade.

Como o Sr. avalia o relacionamento da ACIC com os Poderes Constituídos, em Chapecó?
É um relacionamento sério e respeitoso, embora, muitas vezes os posicionamentos não sejam necessariamente convergentes, mas isso é próprio do Estado democrático de direito em que vivemos.
A ACIC tem encaminhado várias questões ao Poder Legislativo Municipal, propondo medidas para a redução de despesas da Câmara de Vereadores. Os senhores vereadores têm sido receptíveis a essas propostas? Por quê?
Os vereadores recebem e analisam todas as propostas. Creio que em relação à redução de despesas ? como corte de funcionários e de diárias para viagens ? há um certo consenso entre todas as bancadas. No entanto, na questão da diminuição do número de cadeiras as posições são divergentes. A ACIC defende a diminuição do número de vereadores para se obter uma correspondente redução dos custos fixos para manutenção do Poder Legislativo Municipal. Alguns vereadores, contudo, temem que isso provoque uma deficiência na representação popular junto àquele Poder. Nós acreditamos que todas as parcelas da sociedade sempre estarão representadas pelos senhores edis, pois a CMV é casa do povo.

A ACIC também vem mantendo intenso relacionamento com a Administração Municipal para discutir questões de interesse do empresariado e da comunidade em geral. Quais têm sido os temas em debate e quais os resultados obtidos?
O tema central de nossos encontros com o prefeito Luciano Buligon e sua equipe de governo tem sido, sempre, a melhoria dos serviços públicos e as obras essenciais de infraestrutura. A aprovação de projetos e o licenciamento de obras, por exemplo, causaram muito estresse a empresários, investidores e empreendedores. A complexidade do assunto e a lentidão na emissão dos alvarás criaram muitos embaraços aos empresários. Entretanto, a boa vontade do poder público permitiu superar em grande parte essa questão.

Nas ações de representação e de defesa dos interesses das classes produtoras de Chapecó junto aos Poderes Executivo e Legislativo e a sociedade em geral têm sido possível influenciar as políticas públicas de interesse do empresariado?
Acredito que sim, pois a Administração Municipal tem demonstrado inúmeras vezes disposição para equacionar problemas em todas as áreas. No caso da aprovação de projetos, por exemplo, a Prefeitura criou um sistema informatizado que agilizou em grande parte a solução do problema.

Nesse sentido, tem sido possível construir uma agenda participativa alinhada entre os objetivos da Administração Pública e os legítimos intereses dos empresários e empreendedores?
Sim, criamos uma rotina de encontros mensais com o Executivo municipal para levar demandas do setor produtivo. Também estabelecemos frequentes encontros com vereadores de todos os partidos políticos.

De modo geral foi possível manter um diálogo produtivo entre a ACIC e seus públicos estratégicos no âmbito dos Poderes Executivo e Legislativo, além de entidades representativas da sociedade ? ONGs, sindicatos, federações, associações e comunidade?
As ações da ACIC estão fundamentadas no diálogo, na cooperação e na defesa técnica do empresariado e das classes produtivas. Nessa atividade, nós não cometemos o pecado da chamada ?vaidade das instituições?. A ACIC atua em linha com as demais entidades, o Conselho Empresarial, o Observatório Social, as universidades, os poderes constituídos Executivo, Legislativo e Judiciário, etc., sempre norteada pelo bem comum.

Quais as reformas que, na visão dos empresários, deveriam ser prioridade para o Congresso Nacional, o governo e a sociedade?
A reforma da Previdência é essencial e urgente, caso contrário o País cairá em curto espaço de tempo no precipício do colapso fiscal. Mas, depois, devem seguir para estudo e debate a reforma tributária já em discussão no Congresso e a reforma eleitoral. Precisamos reduzir o tamanho do Estado e conduzir um criterioso programa de privatização para alcançar eficiência e aliviar os pesados custos com os quais arcam os contribuintes. Na minha opinião, à exceção da segurança pública, justiça, diplomacia e alguns outros segmentos, todos os demais setores poderiam ser privazados. Assim, teríamos serviços de melhor qualidade a preços muito menores.

De que forma a ACIC pretende participar das eleições municipais de 2020?
Por questões doutrinárias e estatutárias, a ACIC não pode ter envolvimento partidário. Porém, pode estimular empresários e empreendedores a uma ativa participação no plano político e eleitoral como eleitores, articuladores ou mesmo candidatos.

Veja também

Prepare sua equipe e aumente os resultados da sua empresa05/01/18 Redução de custos, elevação na produtividade, diminuição na rotatividade de pessoal, entrosamento entre os funcionários e empresa mais competitiva. Esses são alguns dos benefícios do investimento em capacitação profissional. Para atender as demandas das empresas associadas, a Associação Comercial e Industrial de Chapecó......
Adequação do Parto: humanização, acolhimento e segurança25/03 A gestação é um período ímpar na vida da mulher. Para desfazer crenças e aumentar a segurança e o acolhimento dessas famílias, um acompanhamento pré-natal adequado é importante, não......
Barozzi anuncia novos projetos durante posse na ACIC02/03/18Ao assumir como presidente da Associação Comercial e Industrial de Chapecó, o empresário destacou dois projetos da nova gestão Os projetos de internet gratuita e o Fundo Social foram destacados pelo novo presidente da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), Cidnei Barozzi, ao assumir o comando da entidade, sucedendo o empresário Josias......

Voltar para Notícias